Memórias Femininas da Construção de Brasília é tema de exposição no STF

Curadora da mostra afirma que a proposta é resgatar as memórias de mulheres que exerceram as mais diversas funções, “contribuindo silenciosamente para a construção da nova capital”.

15/03/2019 10h30 - Atualizado há

Documentos, objetos e imagens das primeiras construções de Brasília podem ser vistos no Supremo Tribunal Federal, na exposição “Memórias Femininas da Construção de Brasília”. A mostra resgata o período por meio do olhar das mulheres pioneiras, vindas de todas as partes do Brasil na década de 1950. “Mulheres guerreiras e talentosas que contribuíram para erguer a Brasília de hoje, patrimônio cultural da humanidade e metáfora arquitetônica do espírito cívico e democrático do nosso país”, afirmou o presidente do STF, ministro Dias Toffoli.

Instalada no Hall dos Bustos do edifício sede do STF, a exposição reproduz, em espaços cenográficos, a ambientação do universo feminino da época com peças originais da década de 60 (utensílios, mobiliário, vestuário e até mesmo automóveis). Segundo a curadora, Tânia Fontenele, a proposta é resgatar as memórias de mulheres que exerceram as mais diversas funções, “contribuindo silenciosamente para a construção da nova capital”. Há, também, imagens femininas coletadas de revistas e propagandas da época.

O documentário “Poeira & Batom – 50 mulheres na construção de Brasília” também integra a mostra e apresenta entrevistas com mulheres pioneiras e filmes históricos.

A exposição é aberta ao público, de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, durante todo o mês de março e início de abril.