Peticione e acompanhe processos: Peticionamento Eletrônico

Toffoli aponta Defensoria como instituição pública mais importante do país

Em evento no Rio de Janeiro, o presidente do STF lembrou caso que atendeu quando jovem destacando a importância do papel inclusivo dos defensores públicos por levar Justiça aos pobres e desassistidos

13/11/2019 10h00 - Atualizado há

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, participou da abertura do 14º Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos, nesta terça-feira (13), no Rio de Janeiro (RJ). Ele ressaltou a missão da Defensoria na defesa dos mais necessitados sendo, segundo o ministro, a instituição pública mais importante que o país tem.

“Cada um de vocês que estão aqui têm o papel de dar voz àqueles que não tem voz”, apontou Toffoli. Lembrando do seu voto pela autonomia da Defensoria Pública no julgamento da Medida Cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5296, Toffoli defendeu a Defensoria enquanto uma política institucional do Estado, oferecendo a Justiça diretamente para os pobres e desvalidos.

O presidente do STF rememorou quando, recém-formado, atendeu uma líder comunitária que havia recebido ordem de despejo contra a comunidade. Após encontrar-se com os moradores e conhecer a realidade do local, Toffoli, então com 25 anos, conseguiu reunir provas e a comunidade permanece no local. “Eu sei o que cada uma das senhoras e cada um dos senhores sentem no coração. É a ‘re-humanização’ do cidadão”, disse, emocionado.

Assessoria de Comunicação da Presidência