Peticione e acompanhe processos: Peticionamento Eletrônico

O que você procura?

Revista Suprema traz entrevista com o professor Tom Ginsburg e artigos inéditos

A publicação é um marco da interação da Corte com a comunidade acadêmica e civil e pode ser acessada gratuitamente.

19/12/2022 20h03 - Atualizado há

866 pessoas já viram isso

O Supremo Tribunal Federal (STF) lança, nesta segunda-feira (19), mais uma edição da Suprema – Revista de Estudos Constitucionais, primeiro periódico acadêmico produzido pelo Tribunal. A publicação semestral apresenta artigos científicos, traduções, resenhas e entrevistas na área jurídica e pode ser acessada de forma gratuita e digital por meio do site oficial da revista. Sua linha editorial é ampla, abrangendo os mais diversos campos jurídicos, e valoriza abordagens interdisciplinares, de forma a promover uma produção diversa de conhecimento.

Conteúdo rico

A presidente do STF, ministra Rosa Weber, destacou que, neste número, a Suprema segue sua tradição de levar a seus leitores rico conteúdo. A quarta edição traz uma entrevista com Tom Ginsburg, professor de Direito Internacional e Ciência Política da Universidade de Chicago, pesquisador do Direito Comparado e autor de várias obras premiadas, que explica seu processo de escrita e sua trajetória. Aborda, também, assuntos como a ordem democrática global e a criação da plataforma Comparative Constitutions Project, que permite a análise e a comparação das Constituições de todos os Estados-nação existentes desde 1789.

A publicação contém sete artigos científicos, três do fluxo contínuo de editoração e quatro do dossiê temático. Ainda dentro da proposta de uma revista diversa e autêntica, há dois textos em língua estrangeira (inglês e francês).

Dossiê temático

Por fim, a edição traz um novo dossiê temático, “O Direito a ter direitos”, cujo objetivo é fomentar a discussão acerca do acesso a direitos e à Justiça, especialmente no atual cenário social, político e econômico.

A ministra lembrou que, em razão da pandemia da covid-19, muitos grupos foram ainda mais vulnerabilizados. “Espera-se, com esta publicação, trazer uma significativa contribuição para o debate sobre os níveis de proteção e de implementação de direitos no país, dentro e fora do contexto da pandemia”, assinalou. A edição também é, a seu ver, uma oportunidade de diálogo sobre os desafios presentes e as propostas para o futuro, “sempre guiados pela ciência e pelos parâmetros estabelecidos nacional e internacionalmente para o respeito e a promoção dos direitos fundamentais da pessoa humana”.

Interação

Lançada em 2021, a Suprema é um marco da interação da Corte com a comunidade acadêmica e civil. A revista tem como missão criar um espaço de troca de conhecimentos e saberes de valor inovativo, com a publicação de artigos, traduções, resenhas e entrevistas inéditas e originais de temáticas do campo jurídico, em português e em outras línguas (inglês, espanhol, francês ou italiano).

SP//CF